Brasil- americanas.com, TIM e La Salle Bank usados para phishing

Buzinas

Ninja
A fraude consiste na recriação de uma página de determinada empresa (normalmente um banco), que, a partir da oferta de um produto, solicita os dados cadastrais e bancários da vítima.

A melhor solução para não cair no golpe é checar a veracidade dos fatos, indo diretamente na home do site da empresa, digitando o endereço diretamente no navegador, sem utilizar os atalhos oferecidos no e-mail.

A má notícia é que, para burlar os cuidados tomados pelo internauta, os picaretas de plantão estão sempre tentando inovar na arte de enganar. Provavelmente você já recebeu no seu e-mail uma notificação confidencial com uma cobrança de débito inexistente, uma das formas mais comuns desse golpe.

Para impedir que você caia nesse golpe, o WNews divulga mais três tentativas de phishing que utilizam o nome de empresas bastante conhecidas. Confira e previna-se.

TIM

Ao abrir sua caixa de e-mails, você se depara com uma “notificação confidencial†da operadora de celulares TIM. Até aí, nada demais, podia ser um informe sobre promoções. Mas qual não foi sua surpresa, quando o tal e-mail era simplesmente uma notificação sobre dois débitos de valores exorbitantes, que você supostamente estaria devendo e que deveriam ser quitados sob pena de ter seu nome incluso no temido Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa.

No final do e-mail, um link com a seguinte mensagem: “Clique abaixo para visualizar o extrato dos débitosâ€. O tal link transporta o usuário mais afoito para o endereço: www.mchiram.com/andre/progeto (sim, projeto com g). Surpresa! Você caiu no phishing.

A assessoria de imprensa da TIM esclarece que a empresa não envia cobranças via e-mail e orienta os destinatários a não abrir mensagens eletrônicas suspeitas. A empresa diz que seus clientes podem tirar dúvidas relacionadas a débitos pendentes discando do próprio celular para o número *144 ou de qualquer telefone para o 0800-7414141.

Americanas.com

Você continua abrindo seus e-mails. E se depara com uma agradável surpresa! Uma mensagem da Americanas.com, oferecendo uma vale-compras no valor de R$50! “Hoje é o meu dia de sorteâ€, você pensa.

Para ativá-lo, basta clicar no folder anexo ao spam e um link com o endereço /help/ValePresente.exe se abre... clique nele e uma opção para download do site www.clublanciacom/help/Vale-Presente.scr é oferecida. Se aceitou, você foi fisgado outra vez.

Contatamos a Americanas. com, mas a empresa não se pronunciou a respeito até o fechamento dessa matéria.

LaSalle Bank

Os bancos são as instituições preferidas dos hackers e crackers que querem aplicar o golpe. Um dos bancos utilizados atualmente é o LaSalle Bank, um dos braços norte-americanos do conglomerado financeiro holandês ABN Amro, que controla o Banco Real no Brasil. Daí o logo tão conhecido de muitos brasileiros e que às vezes pode confundir, apesar de estar em inglês.

O e-mail que contém o phishing avisa justamente sobre o risco de fraudes virtuais e traz um link que, quando clicado, vai para uma página falsa pedindo os dados do correntista. Se quiser mais informações, basta acessar o site do banco: www.lasallebank.com, que também alerta sobre o golpe.
 
Top